Os anúncios absurdos continuam

Anunciar carros parece especialmente atraente para desafiar as fronteiras do absurdo. Sempre (ou quase) os diversos modelos aparecem de forma perigosa, derrapando, fazendo ultrapassagens proibidas, com excesso de velocidade e até mesmo subindo em prédios.

A Ford, por exemplo, apresenta um atropelamento de trem para falar de seus modelos... Mostr aum indivíduo caminhando sobre os trilhos, prendendo o pé e sendo atropelado. Esta pérola é para mostrar um "up grade".

A Chevrolet, para não ficar atrás, lançará o "Sonic" de avião.

Enquanto isso, o Brasil mantém-se na liderança dos acidentes e mortes no trânsito. A maioria de jovens, que acreditam nos anúncios das montadoras.

MÁRCIO SCHIAVO – Diretor-Presidente da COMUNICARTE – Marketing Cultural e Social Ltda. e Vice-Presidente de Responsabilidade Social da ADVB-PE.

***

Caso tenha sugestões ou comentários sobre esta matéria, por gentileza, envie para contato@comunicarte.com.br e aguarde nosso retorno. Grata, Equipe Comunicarte :)

Postagens mais visitadas deste blog

A produção cultural e a responsabilidade social corporativa

3E Sistema de Informação Gerencial Socioambiental

NEM BENEMERÊNCIA NEM LIBERALISMO: O SOCIAL EM UM NOVO ENFOQUE

A importância do merchandising social

A Petrobras aprendendo com o sapo

Avaliação de Projetos Sociais

Quem é o adolescente que se quer prender?

Transexualidade em foco em A Força do Querer